fbpx
Escolha uma Página

Quanto Custa Abrir um Escritório de Advocacia (com números de verdade)

por | Organização | 2 Comentários

PLANILHA SIMPLES PARA ADVOGADOS

Receba a Planilha usada para calcular quanto vai custar o seu Escritório de Advocacia

Receber a Planilha

Honorários, custos, investimento, impostos…você está considerando tudo que deveria pra abrir seu escritório de advocacia?

Como você pode se sentir seguro e descobrir exatamente quanto vai custar abrir seu escritório de advocacia?

Eu fiz as contas para você!

Criei um passo a passo que resolve a vida de quem quer abrir um escritório ou mesmo quem já abriu e agora está perdido. Coloquei tudo bem detalhado aqui.

É para saber de verdade os custos e para o que você precisa estar preparado. Custos que ninguém coloca na ponta do lápis mas que faz a diferença entre fechar a porta ou ter muito sucesso.

Você vai chegar no final e descobrir de verdade se vale a pena abrir o seu escritório de advocacia agora.

Preparado para ter em mãos o que você precisa saber pra não falir no primeiro ano?

  1. Seu primeiro escritório de Advocacia
  2. Você, quanto você vai custar
  3. O mínimo do mínimo para advogar
  4. O marketing mínimo necessário
  5. O Escritório
  6. Folha de pagamento
  7. As reservas obrigatórias
  8. Tributação, sem complicação
  9. O Totalzão
  10. Ter ou não ter escritório? eis a questão…

O Seu Primeiro Escritório de Advocacia (2018)

Se você está pensando em abrir um escritório de advocacia vocẽ já deve ter imaginado ele na sua cabeça, não é mesmo?

Já deve ter pensado na estrutura mínima do seu escritório:

  1. Uma sala para atender o seu cliente
  2. Espaço para secretária ou um estagiário que vai te ajudar no futuro
  3. Banheiro

Tudo isso tem que ser um ambiente bonito e elegante que mostre que você é um profissional sério. Sua sala, por menos que seja, vai causar a primeira impressão e ser um fator de peso para decisão do cliente fechar o contrato contigo.

Então a planta do seu escritório deve ser parecida com esta, talvez um pouco maior ou menor e alguma divisão a mais aí no meio.

E é com base em um escritório deste tamanho que escrevi este post.

Vou chamar ele de Seu Primeiro Escritório.

Se você for abrir de cada um escritório maior ou menor, eu vou te dar uma planilha completa que você pode usar tudo que vou te falar aqui para ver o custo para você.

Seu primeiro escritório tem 30m², suficiente para fechar seus primeiros contratos e crescer muito na advocacia.

Agora que você já conhece o Seu Primeiro Escritório, vou te mostrar cada ponto que você precisa saber e a maior parte dos advogados simplesmente ignora… e no final do post tem um presente especial para você.

Então, vamos lá…

Você, quanto você vai custar?

Achou estranha essa pergunta?

Como assim quanto eu vou custar?

O mais comum é pensar.. “quando sair uma ação eu vou ser remunerado”, parece que não tem erro, não é mesmo?

Um dos maiores erros que eu vejo os advogados iniciantes cometendo é esse: esquecer que ele também traz custos para a sua empresa. E não são poucos..

Assim você começa a tratar desde o começo seu escritório como uma empresa. Mesmo que você não o constitua perante a OAB, ele continua sendo uma empresa.

E você tem duas relações distintas com esta empresa lucrativa que você está criando…. Pró Labore e Distribuição de Lucros (você vai ter muito lucro)!

Então, primeiro tem que estar estampado na sua memória a diferença de pró labore e distribuição de lucros. E como você deve tratar eles…

Pró-labore. Não se engane.

Esquecer do pró-labore é o primeiro passo para o desastre total. E já te digo é bem fácil fazer isso :/

Mesmo os advogados mais experientes têm dificuldade nesse ponto e aplicar isto logo de ínicio vai te deixar uma passo a frente de todo mundo.

O PRÓ-LABORE é um valor pago ao sócio PELO TRABALHO exercido, é como se fosse o “salário da alta liderança”. E você, que abre seu escritório, é alta liderança no seu negócio. Chique =)

“Importante: pró-labore não é salário, pois não é obrigatório FGTS, 13º salário, férias etc. E ele deve ser registrado no Contrato Social, não na CTPS”

… A primeira, você trabalha para ela. Você paga contas para ela, atende os clientes dela, faz ligações para ela, digitaliza documentos para ela..

Ou seja, você trabalha para ela. É como se fosse um funcionário da sua própria empresa.

E para isso, ela precisa te remunerar! Essa remuneração é chamada de pró-labore =)

Na administração o sócio que exerce essas atividades chamamos de sócio administrador.

Ele investe o maior ativo de todos na empresa, o tempo dele.

… A segunda relação, eu vou te falar daqui a pouco.

Talvez você esteja pensando.. como eu vou me pagar se eu ainda nem tenho clientes?

E o ponto é um verdadeiro divisor de águas entre quem sofre ou não com a advocacia.

Imagine que um processo demore em média ano para te remunerar?

Isso significa que durante um ano inteiro, você não vai receber nada? Você não vai comer, não vai usar transporte, não vai ter um lazer?

Você tem que projetar esse custo. Caso contrário, você estará se enganando, o que vai te levar a momentos extremamente difíceis e mesmo a falência.

E sabe o que vai acontecer com o primeiro dinheiro que sair de uma ação? Você vai querer ele inteiro para você. E ele não é seu.

Como assim Luciana? Agora você pirou! Quer dizer que eu vou trabalhar um ano numa ação e no final o dinheiro não será meu?

Sim e não =)

Esse dinheiro não é seu ainda. Vou te explicar quando ele será seu daqui a pouco.

Por hora, pense no seu pró-labore para planejar a abertura do seu escritório.

Faça tudo com tranquilidade e ganhe dinheiro de verdade com a advocacia.

Quem fala que a advocacia não dá dinheiro, é porque não planejou direito.

Lucro não é o que sobra

Esse assunto eu tenho certeza que você quer ouvir =)

E essa é a segunda relação que você terá com a sua empresa.

É normal você não conseguir pensar em lucro no primeiro ano de atividade. E isto não é o fim do mundo.

Na verdade, é assim na maioria das empresas, não só com advogados.

Num primeiro momento a empresa atinge o ponto de equilíbrio, que a grosso modo significa que deu empate entre o que sai e o que entra nas finanças.

Só depois de atingir o ponto de equilíbrio é que vamos falar em lucro. Muitas empresas demoram anos para dar lucro, mas um escritório de advocacia bem pensado pode atingir isto bem rápido.

O lucro será aquele dinheiro que vai “sobrar” na sua empresa. Veja que que coloquei sobrar entre aspas, porque a conta não é só o que entrou menos o que saiu. Tem mais custos envolvidos… Mas eu vou falar deles depois.

E esse lucro você vai poder retirar ou reinvestir na empresa.

Então.. lembre da relação que você tem com a empresa.. Agora você não é mais aquela pessoa que “trabalha” para ela.

Agora, você é a pessoa que investiu o capital próprio nela. Você deu recursos para ela existir.

E ela tem que retribuir, não é mesmo?

A forma que ela retribui você é te pagando lucro.. Essa será a sua recompensa por ter investido nela.

Percebe que é uma relação diferente?

É um diferencial gigante entender que você assume dois papéis distintos com seu escritório de advocacia.

Entender isso, pode ser o detalhe de você ter ou não ter sucesso..

O lucro não se retira todo mês ou toda vez que sai uma alvará ou requisição de pagamento. As retiradas serão definidas no planejamento estratégico.

A sua relação com a sua empresa será dessas duas formas, como no desenho a seguir:

Então..

… o pró-labore é dinheiro que você vai receber mensalmente em retribuição ao seu trabalho.

… a distribuição de lucros é o dinheiro que você vai receber periodicamente (conforme planejado) em retribuição ao capital que você investiu na empresa.

Quanto tem que ser o meu Pró-Labore?

Pra definir quanto deve ser o pró-labore eu vou te dar uma dica.

O mínimo que você precisa ganhar é quanto você ganhava como estagiário, se nem isso você receber, você ficará frustrado muito rápido.

Eu sei que você merece começar ganhando uns 20.000 por mês.

Mas neste primeiro ano imagino que você vai apertar as pontas até ganhar muito mais que um juiz. Então deixei o valor mensal de R$ 1.500.

Custo dos primeiros 12 meses do seu escritório de advocacia
Seu Pró-Labore R$ 18.000

No final desse post eu vou te dar um presente e você vai poder alterar todos esses valores para o seu escritório. Deixar personalizado para o seu caso.

Agora vamos pensar os custos mínimos que você vai ter =)

Receba a planilha usada para fazer este post e descubra quanto vai custar abrir o seu escritório de advocacia.

O Mínimo do Mínimo para Advogar

Tem algumas coisas que você não tem como escapar para advogar.

O mínimo que você precisa é de…

computador, um software de gestão e anuidade da OAB.

Com isso você já pode conseguir os primeiros clientes, crescer e se estabilizar no mercado. Vou te mostrar como investir com sabedoria agora.

Computador

O computador é onde você vai passar a maior parte do seu dia. Ele vai ser seu amigo inseparável. E é difícil acompanhar a evolução tecnológica dos computadores. Todo semestre tem coisa nova no mercado.

Mas algumas coisas diferenciam um computador do outro e eu sei exatamente o que você precisa ter agora.

E eu tenho uma ótima notícia!

O computador de um advogado não precisa de configurações super caras. Isso porque basicamente você vai utilizar editor de texto, browser e memória. Não precisa ser uma mega máquina.

Eu tenho que te perguntar agora o que você prefere.

Notebook ou Desktop?

Se você pretende ter um escritório físico, eu sugiro que vá de desktop. Pelas seguintes vantagens:

  1. Possibilidade de trocar peças e dar upgrade, prolongando a vida útil do computador sem a necessidade de trocar a máquina toda
  2. Mais fácil e barato dar manutenção
  3. Facilidade de instalar duas telas, ampliando a sua produtividade.
  4. Mais barato, comparando com notebooks de mesma configuração

Agora se você não pretende ter um escritório físico, eu sugiro que tenha um notebook.

Para definir os custos tomei como base uma pesquisa realizada pelo tecmundo em 2017, os preços mudam de um ano para o outro, mas não mudaram muito para 2018.

Um computador (desktop) de configuração de entrada (Intel Core i3, 8GB RAM, SSD 240GB) custa em torno de R$ 2.055,00. Mais os custo da tela, que custa em média R$ 500,00 e periféricos de qualidade média mais uns 80,00.

Um notebook com configurações parecidas, como o Notebook Vaio (Intel Core i3, 4GB RAM, SSD 128GB, tela 15.6) tem um preço médio de R$ 2.549,000.

Importante: Esse é o item que você menos tem que se preocupar em economizar. Essa será a sua maior ferramenta de trabalho. Economizar aqui, vai te obrigar a trocar de computador em pouco tempo. Então, a economia de agora, pode gerar mais custos num futuro próximo.

Não importa o computador que você escolher, você vai precisar de um sistema operacional, uns R$ 500. E eu acredito que nem o pacote office você precisa mais. Eu utilizo há anos somente o editor de texto e planilhas do Google.

Então vamos voltar para as contas.

Eu vou calcular usando um desktop…

Custo dos primeiros 12 meses do seu escritório de advocacia
Pró Labore R$ 18.000,000
Desktop (Intel Core i3, 8GB RAM, SSD 240GB) com tela de 18,5 polegadas R$ 2.635,00
Sistema operacional (Windows) R$ 500,00

Anuidade da OAB

Essa conta vai te acompanhar pra sempre… Você é um ser humano muito inteligente e iluminado porque passou na OAB e pode pagar esta anuidade.

Tenho certeza que em pouco tempo pagar ela vai ser tão fácil que você até vai esquecer que ela existe.

Mas no começo ela pode pesar um pouco e vai variar de estado para estado..

Dê uma olhada na anuidade da OAB de 2018 para cada Estado.

Estado (UF) Valor (R$) Estado (UF) Valor (R$) Estado (UF) Valor (R$)
AC 900,00 MA 718,59 RJ 944,73
AL 750,00 MG 749,00 RN 870,00
AM 720,00 MS 970,00 RO 880,00
AP 730,42 MT 850,00 RR 800,00
BA 800,00 PA 900,00 RS 978,08
CE 760,00 PB 800,00 SC 963,90
DF 800,00 PE 834,00 SE 850,00
ES 843,60 PI 897,48 SP 997,30
GO 992,00 PR 965,50 TO 940,00

Cada seccional estipula descontos e formas de pagamento.

Em algumas regiões os jovens advogado tem descontos especiais nos primeiros anos. Os descontos chegam até 50% =)

Para colocar na nossa tabela eu vou fazer uma média de todos os estados.. Isso dá.. R$ 913,78

Você também vai precisar do assinador digital. Vai depender da sua região também, mas você vai gastar uns R$ 200,00

Custo dos primeiros 12 meses do seu escritório de advocacia
Pró Labore R$ 18.000
Desktop (Intel Core i3, 8GB RAM, SSD 240GB) com tela de 18,5 polegadas R$ 2.635
Sistema operacional (Windows) R$ 500
Anuidade OAB (média nacional 2018) + Assinador digital R$ 1113

Software de gestão para advogados

Ter um software de gestão desde o começo é economizar horas de vidas perdidas para organizar e se encontrar no meio dos seus processos.

Se você está começando talvez ache que vai ter muito tempo sobrando.. mas não se deixe enganar..

Sem um software, em um piscar de olhos você estará gastando mais tempo controlando os seus prazos e processos do que advogando de verdade.

E o trabalho de você mudar um procedimento e adotar um software de gestão depois que tudo está funcionando a todo o vapor é muito grande.

Já comece otimizando o seu tempo, porque só assim você vai ter tempo para crescer e advogar!

Existem vários softwares de gestão no mercado. Vale a pena fazer uma pesquisa e ver qual se encaixa mais no seu perfil.

É importante que você se sinta confortável para utilizar o sistema, porque você vai usar ele todos os dias.

Eu gosto do ADVBOX.

É um software que é desenvolvido por advogados e por isso está sempre trazendo inovações tecnológicas, pensando em facilitar o dia a dia do advogado. Além de ser super moderno, online e seguro.

Para advogados iniciantes eles têm uma vantagem difícil de bater. É de graça.

Pois é. Você consegue utilizar sem pagar nada até que aumente seus contratos.

Não tem desculpas para não começar organizado.

Faça sua pesquisa e defina qual o melhor software pra você.

Quando você for escolher o software analise esses pontos principais:

  1. Acesso online
  2. Geração de documentos automáticos
  3. Cadastro de clientes
  4. Agenda
  5. Gestão financeira

Para a nossa conta aqui, vamos usar o valor mensal de R$ 100,00.

Anote tudo que está acontecendo em cada processo. Atendimento de cada cliente, ligações, whatsapps recebidos, emails, prazos, audiências, ideias de teses, data de aniversário do cliente e dos familiares, se tem pet etc.

Anote tudo mesmo.. No começo isso pode parecer desnecessário, mas acredite que isso vai te destacar da maioria dos seus concorrentes.

O seu cliente é o seu melhor amigo, saiba tudo dele e tenha ele fiel à você pra sempre.

Custo dos primeiros 12 meses do seu escritório de advocacia
Pró Labore R$ 18.000
Desktop (Intel Core i3, 8GB RAM, SSD 240GB) com tela de 18,5 polegadas R$ 2.635
Sistema operacional (Windows) R$ 500
Anuidade OAB (média nacional 2018) + Assinador digital R$ 1113
Software de gestão Advbox R$ 0

Contador/Assessoria contábil (como economizar muito aqui)

Ter ou não ter assessoria contábil é uma dúvida comum. Eu vou te dar algumas razões do porquê é interessante ter esse profissional.

Na faculdade de direito, assim como não vemos quase nada de administração, não vemos nada de contabilidade.

Toda a parte administrativa junto aos órgãos competentes pode ser bem complicada e tomar horas do seu mês.

Pra mim, o teu bem mais valioso é o tempo!

“Falta de tempo é desculpa daqueles que perdem tempo por falta de métodos” Albert Einstein

E se ao invés de perder tempo com a parte burocrática, você pudesse ter mais tempo para conversar com seus clientes e advogar.

O trabalho do contador é importantíssimo, um erro pode significar prejuízos futuros enormes.

Lembra das multas de até 275% por falta de pagamentos de tributos? Imagine só?!

Por isso, eu indico fortemente que você tenha um contador de confiança e que de preferência tenha experiência com sociedades de advogados.

Porque há normas específicas a serem observadas, como:

  • Provimento nº 170/2016
  • Estatuto da OAB – arts 15 a 17
  • Regulamento Geral – arts 37 a 43

Você pode optar por fazer tudo sozinho.. mas corre o risco de deixar de fazer algo, fazer algo errado e o pior… gastar o seu precioso tempo e pagar uma grande multa depois.

Vamos aos custos.. Para calcular vou usar a tabela orientativa do Sincontiba de 2017, dependendo da sua região pode ter alterações.

Para abrir a empresa, os honorários são de R$ 1.161,00.

Para faturamento mensal até R$13.770,50, os honorários são de R$ 943,00 cobrados mensalmente.

Não gostou? Achou caro?

Tenho uma notícia boa!

A internet tem muita coisa boa =)

Existe uma empresa chamada Contabilizei. Com ela os custos são muito mais baixos. Clica aqui pra conhecer =)

Você pode ter abertura de empresa grátis se contratar o plano de 12 meses. E sabe quanto você vai pagar por mês? O preço será R$ 89,00 por mês.

É ou não é uma boa notícia?

Vou usar esse valor para o planejamento do seu escritório de advocacia

Custo dos primeiros 12 meses do seu escritório de advocacia
Pró Labore R$ 18.000
Desktop (Intel Core i3, 8GB RAM, SSD 240GB) com tela de 18,5 polegadas R$ 2.635
Sistema operacional (Windows) R$ 500
Anuidade OAB (média nacional 2018) + Assinador digital R$ 1113
Software de gestão Advbox R$ 0
Contabilizei R$ 1.068

O marketing mínimo necessário

Marketing pode parecer coisa de outro mundo para os Advogados. Não é… ele pode ser muito mais fácil do que pintam por aí.

Você já passou a faculdade inteira ouvindo que a OAB é bem criteriosa nesse quesito. O que muita gente acaba esquecendo é que ela não proíbe que o advogado faça marketing, ela apenas dá direcionamentos e limites.

Nesse post eu não vou falar do que ela permite e o que ela não permite, até porque esse assunto é extenso.. =)

Agora você vai saber quanto você precisa investir numa estratégia básica para começar.

Seu Site de Advocacia Lindão! Sem ele nem comece.

Você precisa ter um site.

Não tem como!

Tem que ter.

Talvez você atue numa área super específica e pense que não vai ser útil para você.

Talvez você consiga lembrar de vários advogados que ganham muito dinheiro e não tem site.

Acontece que o tempo mudou.

A cada dia que passa as pessoas procuram mais a internet e não se iluda de achar que o seu público é diferente.

Vou dar um exemplo valioso para você.

Imagine um escritório que atua em direito previdenciário, seus clientes são trabalhadores de metalúrgica e que do meio rural.

Num primeiro momento, pode parecer que ter um site não faria muita diferença, pois para esse público o que mais funciona é o marketing boca a boca.

Eu trabalhei muitos anos num escritório de direito previdenciário exatamente assim.

No começo não havia site, nem redes sociais. E o escritório já tinha muitos clientes.

Com o site e publicações no blog, o escritório triplicou o número de contratos fechados. E passou a ouvir muitos elogios dos próprios clientes.

Não tem jeito. Se você não está na internet, você não existe.

É assim hoje e será muito mais daqui frente.

Para você ter um site você vai ter os seguintes custos:

  • compra do domínio (o nome do seu site) = 40,00 anual
  • hospedagem do site = 20,00 mensal
  • criação do site = entre 1.200 e 5.000 = média de 3.100

Quando for criar o site, faça ele do seu jeito! E exija acesso a plataforma administrativa dele.

Tem criador de site por aí, que não te dá os acessos para que você se obrigue a sempre pagar para eles alterarem.

Você precisa ter o controle do seu site. Isso não é negociável.

O site é seu. Num outro post eu vou falar mais sobre isso, para que você saiba o que exigir e como =)

Custo dos primeiros 12 meses do seu escritório de advocacia
Pró Labore R$ 18.000
Desktop (Intel Core i3, 8GB RAM, SSD 240GB) com tela de 18,5 polegadas R$ 2.635
Sistema operacional (Windows) R$ 500
Anuidade OAB (média nacional 2018) + Assinador digital R$ 1.113
Software de gestão Advbox R$ 0
Contabilizei R$ 1.068
Marketing Online (Site, hospedagem e domínio) R$ 3.380

Marketing Offline. Se for fazer, faça direito. Papelaria

O famoso cartãozinho.

Neste item temos dois grupos a papelaria que você entrega para o cliente (cartão de visita, pasta, envelope etc) e materiais de escritório (sulfite, clips, canetas etc)

E aqui (como em todos os outros custos) o céu é o limite.

Muita coisa pode impactar no preço final do seu cartão de visita.

Vou dar algumas dicas pra deixar o seu material bem bonito e quanto mais ou menos você vai gastar.

Primeiro você vai precisar que alguém faça a arte do seu material.

Você pode contratar um designer.. ou buscar em sites que fazem concurso de designers.

Nesses sites de concurso, você compra um pacote e vários designers enviam sugestões, você pode pedir alterações e no fim declara uma arte como vencedora.

Vou colocar o valor de um desses sites de concurso para termos uma base.

Logotipo R$ 590
Cartão de visitas

Papel timbrado

Envelope

Capa de Facebook

R$ 590
TOTAL R$ 1.180

Para a impressão existem dois tipos. A offset e a digital.

A digital vai ser a mais barata. Os principais problemas para ela são:

  1. Impossibilidade de usar tintas especiais, como as metálicas
  2. Impressões mais saturadas e com mais brilho
  3. Qualidade de impressão inferior a offset
  4. Não permite impressão em todos os tipos de papel

A offset exige um mínimo de tiragem para valer a pena. Os principais problemas para ela serão:

  1. Custo mais alto para pequenas tiragens
  2. Necessário reparação de cores, podendo dar variação num mesmo lote
  3. Maior tempo de execução se comparado com a digital
  4. Pouco vantajosa para dados variáveis (como cartões de visita para várias pessoas)

E ai? Qual é a melhor?

Se o fator mais importante para você for qualidade de impressão. Com certeza a offset. Mas isso vai depender da arte do seu material.

A impressão digital pode ser muito boa para você, mas uma dica que eu te dou já: converse sobre isso com a pessoa que fará a sua arte.

O mínimo que você precisa ter no seu material para ele ser elegante:

  1. papel couche fosco, escolha uma gramatura mais alta (papel mais grosso)
  2. laminação fosca (pode ser brilho, eu acho mais elegante a fosca)
  3. verniz local, fica muito elegante, mas depende da arte do material

E o preço? Bom vai variar muito da arte do seu material.

Vou colocar um valor fixo imaginando o material completo, colocando um pouco mais caro que uma impressão digital e um pouco mais barato que uma offset.

Então, vou colocar R$ 1500.

Mas meu conselho é: invista nessa parte.

A OAB limita o marketing para advogados, então ter uma material bonito e elegante pode fazer com que o seu cliente sinta mais vontade de indicar o seu serviço para os amigos dele.

E pense se um cartão de visita te trouxer um cliente, talvez só esse cliente já pague todo o investimento que você teve com os cartões.

Enfim.. o total que você vai gastar com a papelaria será: R$ 2810.

Logotipo R$ 590
Cartão de visitas

Papel timbrado

Envelope

Capa de Facebook

R$ 590
TOTAL R$ 1.180

Receba a planilha usada para fazer este post e descubra quanto vai custar abrir o seu escritório de advocacia.

Agora sim, o escritório

Os custos de todo mês

Locação

Como definimos lá em cima, seu escritório inicial deve ter mais ou menos 30m².

E o que mais?

Para escolher o espaço você deve olhar pelo menos 3 itens:

  1. Onde está o seu cliente (Localização)
  2. Estrutura do prédio
  3. Aluguel

Se você já tem um imóvel da família, é só desconsiderar o valor do aluguel! No final eu vou te dar uma planilha e você pode tirar o custo com aluguel 🙂

Os custos serão estimados para um escritório montado próximo ao centro de Curitiba. Se você está em outra cidade, pode ser que os valores de locação sejam diferentes.

O aluguel de uma sala de padrão comum varia de R$ 650 a R$ 1.500. Vou usar um valor conservador de R$ 800.

Quando for escolher a sala, não adianta ir só pelo preço.

Analise o que o prédio te oferece de estrutura e a localização.

Quanto melhor forem esses pontos a tendência é que o aluguel seja mais caro, contudo pode te economizar com reformas e transporte. No final, pode sair mais barato.

Só quem passou por reforma sabe como elas consomem muito dinheiro e tempo.

Quanto a localização é importante ter em mente quem é seu cliente e como ele irá até você.

Ter diferenciais como estacionamento ou mesmo vagas na rua, pode ser uma vantagem competitiva.

Quanto a estrutura, tome muito cuidado com prédios muito antigos.

Muitas vezes há economia com o aluguel da sala e gastos com reformas, troca de fiação elétrica, trocas de encanamento… Ou mesmo limita a velocidade de internet disponível.

Então, pense em cada um desses pontos antes de alugar a sala.

Condomínio (preste atenção)

É um erro muito comum, a gente esquecer de olhar o valor do condomínio.

Dependendo da sala escolhida o valor do condomínio vai ficar entre R$ 200,00 e 800,00. Estou sendo bem realista com esses números, talvez você se surpreenda como pode ser bem mais que isso.

Quando for escolher a sala, sempre pergunte o valor do condomínio!

E saiba que o condomínio pode aumentar em determinados meses, devido a reajustes salariais, 13º salários, ações trabalhistas, reformas. Esteja sempre preparado para pagar 30% a mais do valor do condomínio hoje.

Uma média de mercado nacional para o padrão do escritório de advocacia de 30m² é R$ 350 por mês de custo com o condomínio.

Telefone/Internet (você vai precisar)

Na hora de escolher a sala é importante pensar nisso.

Quanto mais antiga for a sala, mais difícil é passar cabo para internet e telefone.

Eu nunca tinha pensado nisso.

Até que reformamos o escritório em que eu trabalhava. O prédio era antigo. Não tinha como passar cabos na sala, sem falar em rebaixar gesso (deixando mais cara a reforma).

E não tinha como conseguir internet mais rápida porque não subia mais cabo pelos dutos do prédio :/

Então.. quando for escolher uma sala, coloque essa variável na sua análise.

A internet será fundamental. Trabalhar com uma velocidade ruim de internet é altamente frustrante e contraprodutivo.

Tem economias que não valem a pena. Invista na internet.

Fiz uma pesquisa com as empresas mais conhecidas de Curitiba para combo de telefone e internet de 50 mega e encontrei os seguintes valores:

  • 99,99
  • 189,99
  • 199,99

Você pode até começar com a mais em conta e migrar para planos melhores à medida que cresce. Então vamos começar com R$ 99 e depois você faz os upgrades..

Energia elétrica

A conta de energia elétrica vai variar pelo o que você possui na sala e pela fiação elétrica.

Exemplo, se tiver máquina de café daquelas de cápsula pode ser que aumente o seu gasto com energia elétrica. Ainda mais se você tomar muito café, assim como eu =)

Se o prédio for muito antigo, também pode impactar na conta de energia elétrica. Isso se dá por conta da fiação velha.

Outro ponto que interfere é se as lâmpadas são de led ou não.

A lâmpada de led tem um preço maior, mas uma economia significativa no consumo.

Mas vamos pensar numa média. Dificilmente você gastará menos de R$ 95,00 e pode gastar até R$ 300,00 dependendo de tudo o que falei. Como você está no começo do escritório, seu gasto deve ficar perto dos R$ 120..

O famoso material de escritório..

..no mínimo você vai precisar de papel sulfite, clips, canetas, régua, tesoura, grampeador e grampo. Você provavelmente vai querer ter também caneta marca texto e post-it. (eu adoro post-its, amooo)

Fiz um orçamento numa papelaria que vende pela internet e o total dessa compra deu: R$ 137.

Os custos iniciais. Infraestrutura do escritório

Agora.. vamos falar sobre a infraestrutura necessária para montar o seu escritório físico.

Você vai precisar de computadores, mesas, cadeiras..

Para podermos ter uma ideia de valores estou calculando com produtos de uma qualidade média. Aqui o céu também é o limite (assim como em tudo, não é mesmo?)…

Alguns itens que podem custar muito, especialmente objetos de decoração.

É importante que o escritório seja elegante e bonito, uma vez que você receberá clientes. Mas não se deixe levar apenas pelo preço nessa hora. O cliente vai olhar os detalhes do seu escritório, olhe esses detalhes também.

Eu trabalhei no comércio por muito tempo e um esforço que eu fazia era olhar para o ambiente de trabalho com os olhos do cliente.

É normal que depois de um tempo, a gente se acostume com o lugar e não perceba mais os detalhes. Mas o seu cliente vai olhar, porque ele não conhece seu escritório.

O cliente cria a primeira impressão em segundos.

Se for possível fazer um projeto com arquiteto, eu indico. A visão que eles têm de interiores é muito além da nossa.

Eles já sabem o que comprar e o que não comprar então pode economizar o seu dinheiro e tempo.

Caso.. você decida fazer por conta. O que eu super apoio também, eu te dou uma dica: pesquise antes.

Tem um post que gosto bastante sobre vantagens e desvantagens de móveis modulados, planejados ou sob medida. Vale a pena dar uma olhada antes de sair comprando!

Post – Qual é a melhor opção para escritórios de advocacia: móvel modulado, planejado ou sob medida?

Sobre os custos, fiz uma tabela com o mínimo que você precisa ter para mobiliar um escritório de 30m².

Item Custo unitário Quantidade Custo total
Computador

Modelo: EasyPC Intel Core I7 4GB 500GB Windows 10

Se a conexão for wifi será necessário adaptador (mas é baratinho)

R$ 2.599 2 R$ 2.599
Tela de computador

Modelo: Monitor Led 18,5 Polegadas Widescreen Philips L193V5LSB2 – Preto

R$ 272 2 R$ 544
Impressora multifuncional

Modelo: Impressora Laser Mono Brother Hl1212w C Wireless

R$ 607 1 R$ 607
Modem wi-fi

Modelo: D-Link DSL-2740E – Roteador sem fio – switch de 4 portas – 300 Mbps – 2.4 GHz – 802.11b/g/n

obs: você pode optar por ter internet com cabo, pra isso precisará de um técnico para instalar e o preço vai depender de orçamento 🙂

R$ 134 1 R$ 134
Móveis

Modelo: Escritório Completo com 2 Mesas para Computador, Estante, Gaveteiro, Balcão e Armário Carvalho – Kappesberg

R$ 4.083 1 R$ 4.083
Cadeiras office

Modelo: Cadeira de Escritorio Diretor Mb-4005 Preto na Travel Max

(2 office, 4 clientes)

R$ 266 2 R$ 532
Cadeiras clientes

Modelo: Kit 2 Poltronas Executiva 1 Lugar Corino Pé Aberto Preto

R$ 340 2 R$ 680
Frigobar

Modelo: Frigobar Midea 45 Litros MRC06B1

R$ 599 1 R$ 599
Microondas

Modelo: Electrolux MTD30 Forno micro-ondas – 20 litros – Branco

R$ 309 1 R$ 309
Placa de sinalização

Esse item pode variar muito o preço e é bem importante, se possível para colocar na recepção do edifício e na porta da sua sala. Opte por algo elegante e clean, onde seja possível ler o nome do escritório mesmo a distância

R$ 200 2 R$ 400
Itens de decoração itens de escritório

Aqui vai depender muito! E acredite é caro! Vou colocar um valor total estipulado, você pode gastar menos ou mais. Mas.. coloque decoração no seu escritório, faz toda a diferença!

R$ 2.000 1 R$ 2.000
TOTAL R$ 15.087,39

Folha de pagamento

Nesse ponto você vai ter que decidir se contrata funcionários ou não. Normalmente as primeiras contratações de um escritório é a recepcionista e a diarista.

Se você for contratar.

O salário pago para uma recepcionista no Brasil varia entre R$957,79 a R$1.678,18, segundo o SINE (Site Nacional de Empregos). Uma média de R$1.317,98.

Sobre esse valor você deve adicionar pelo menos 40% de impostos e encargos. Então o custo final mensal do cargo recepcionista ficará em torno de R$1.845,17.

E atenção. É importante que a recepcionista seja recepcionista.

Pedir que ela faça a limpeza do escritório, pode ser algo muito complicado no futuro. Porque ela pode ingressar com uma ação trabalhista pleiteando verbas.

Eu sei que você já sabe disso, afinal é advogado. Só comentei porque normalmente a gente acha que essas coisas nunca vão acontecer com a gente. Mas acontece :/

O custo de uma diária aqui em Curitiba está média R$125.

Imaginando que ela irá uma vez por semana e que todo mês tem 4 semanas e meia. Chegamos no valor mensal de R$ 562.

Então, em cada mês você terá um custo de R$ 2.520,17 com uma recepcionista e uma diarista.

Se você não quiser contratar agora.

Se você optar por não contratar ninguém logo de cara. Para isso te dar duas dicas valiosas que podem te dar aquela mão no começo:

Contrate pelo menos a diarista a cada 15 dias e também limpe você mesmo nesse meio tempo. Ser atendido em um lugar sujo é a pior coisa que existe. Seu cliente não vai querer voltar

Procure por serviços de secretárias virtuais, que atendem o telefone e te encaminham. Essa é opção interessante porque:

  1. Dá a impressão de escritórios grandes
  2. Você não precisa ficar colado no telefone
  3. Você não deixa seu cliente sem uma resposta
  4. Você pode participar de reuniões despreocupado com o telefone tocando

Esta opção sai a partir de R$ 200 por mês. Uma grande economia e mantém todo o profissionalismo do seu escritório.

Receba a planilha usada para fazer este post e descubra quanto vai custar abrir o seu escritório de advocacia.

As Reservas Obrigatórias

O Capital de Giro, ou você tem ou você fecha

Agora você já deve estar um pouco assustado.

O objetivo desse post é que você tenha certeza de todos os custos envolvidos para abrir um escritório de advocacia que encante o seu cliente e não tenha surpresas desagradáveis no processo. Tudo isso investindo o mínimo necessário.

E não tem nada melhor para evitar surpresas desagradáveis que planejar capital de giro e fundo de reserva..

O capital de giro é uma parte imobilizada do seu capital que vai garantir o seu fluxo de caixa.

Como assim?

Capital de giro é um dinheiro que você vai deixar reservado como garantia para pagar os seus custos mensais.

O fluxo de caixa de um escritório de advocacia no começo tende a ser complicado, porque normalmente o advogado recebe ao final das suas ações.

E essas ações podem demorar um tempo para sair.

Por isso, é fundamental que você tenha um capital de giro. Indico que você comece com pelo menos 6 meses dos custos totais guardado. Pode ser que demore para você começar a receber.

Para calcular o capital de giro pegamos o ativo circulante e tiramos o passivo circulante. Ou seja, é tudo o que entra menos o que sai todos mês. E multiplicamos por 3, neste caso.

Até agora somamos um total de R$ 5.685 de custos mensais.

Dessa forma, você precisaria ter no mínimo R$ 34.111,02 guardado para garantir 3 meses de operação do seu escritório. Imaginando que nenhum dinheiro vai entrar.

Agora você deve estar pensando que eu pirei legal. Pra que eu vou deixar meu dinheiro parado?

Normalmente as pessoas não dão atenção ao capital de giro. E esse é um dos motivos principais que a esmagadora maioria das empresas fecham no seu primeiro ano.

O escritório de advocacia, é uma empresa. E os maiores escritórios entendem isso e aplicam as noções de administração na sua empresa.

Se você começar seu escritório com isso em mente, acredite não tem pra ninguém!

Começar assim, vai te destacar entre a multidão de advogados

Você sabia que 60% dos advogados do Brasil tem OAB com até 5 anos?

Ter capital de giro vai te ajudar a não ficar desesperado cada começo de mês, se o dinheiro não entrar.

E isso vai ser importantíssimo para você se preocupar em atender, fazer peças, audiências, conquistar clientes..

Acredite em mim, se você tiver que se preocupar com dinheiro você não terá tempo e cabeça para tomar boas decisões e crescer de verdade. Planeje seu capital de giro

Fundo de reserva emergencial. Não fique de mãos atadas.

Fundo de reserva é parecido com o capital de giro.

A diferença é que enquanto o capital de giro é o valor que paga as contas mensais…

… o fundo de reserva é para emergências.

Por exemplo… lembra que eu te falei da recepcionista que também limpa o escritório? Se ela entrar com uma ação, o fundo de reserva pode ser usado para um acordo.

Ou no caso do seu computador estragar. Você não pode ficar sem.. com o fundo de reserva você pode comprar outro sem ter que se apertar.

Agora imagine.. se capital de giro é ignorado pela maioria.. quem dirá fundo de reserva.

Sendo bem honesta com você. Se for para você optar entre um outro, escolha o capital de giro.

… mas coloque no seu planejamento guardar fundo de reserva assim que os saldos de caixa forem ficando mais positivos.

Tributação, sem complicação

Eu sei que esse é um custo que você não quer pagar.

Mas.. deixa eu te contar uma coisa boa. Quanto mais imposto melhor!

Como assim?

É assim… quanto mais imposto você paga mais você está ganhando, certo? =)

Vejo muita gente por aí falando que não é possível ser empresário por causa da nossa carga tributária.

Eu não acredito nisso.

As empresas não dão certo por problema de gestão ou mercado e não de impostos.

No final das contas quem vai pagar o seu imposto é o seu cliente. Se o que o cliente está pagando não cobre os seus impostos, o preço está errado.

Simples assim.

Mas hoje não vou falar de preço!

Sobre os impostos..

Não ignore eles. E pague tudo.

Desde a super receita (Lei 11.457 de 2007) a Receita Federal se reestruturou e passou a integrar diversas bases de dados.

E isso tem feito várias pessoas serem autuadas por não pagar impostos.

Especialmente os profissionais liberais (o seu caso).

Como funciona?

A Receita analisa, por exemplo quanto você declarou no IRPF e quanto você contribui para o INSS.

Se for diferente, algo está errado.

A tendência é que a contribuição do INSS esteja mais baixa.

Talvez você já saiba, mas se você trabalha, você não pode escolher quanto vai pagar de INSS.

Você tem que pagar sobre quanto você ganhou, ou mais, caso queira.

Menos não :/

Então.. atenção redobrada nos impostos.

Não sonegue. A multa de autuação da Receita Federal chega a 225%.

E isso pode realmente virar um problemão no futuro.

Eu vou falar dos impostos do advogado autônomo e da sociedade individual de advogados =)

Advogando como Pessoa Física

Advogar como pessoa física não te livra dos impostos. Não acredite em quem diz que você pode não pagar imposto porque não tem empresa.

É a maior furada.

1. IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física)

Imposto de Renda Pessoa Física vai incidir sobre a sua renda e seus proventos.

O sistema possui alíquotas variáveis para que as menores rendas, não sejam tributadas.

Então.. temos desde 0% até 27,5% de alíquota.

O grande problema de recolher sobre a PF é que a alíquota incide sobre o rendimento bruto.

Como se tudo fosse seu.

Uma maneira de não precisar pagar o tributo sobre a receita bruta é com a escrituração do Livro Caixa.

Assim, é possível deduzir do faturamento algumas despesas e aplicar a alíquota sobre um valor menor.

O tributo será recolhido mensalmente e a Receita disponibiliza o carnê leão para essa finalidade.

É fundamental que você tenha sempre tudo arquivado.

Todos os valores levantados juntos ao poder judiciário, as RPAs emitidas.. tudo.

Se o Fisco exigir a documentação é importante que você tenha, caso contrário pode ser considerado omissão de receita e podem ser impostas sanções.

2. Contribuição Social ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social)

Esse é o tributo que normalmente é negligenciado.

Normalmente só pensamos em INSS quando precisamos.

Mas.. eu tenho um segredo pra te contar..

.. se você trabalha, você é obrigado a pagar a contribuição social.

Ela não opcional.. E também não é opcional o valor a ser pago.

O tributo tem que incidir sobre a sua remuneração.

O advogado autônomo é enquadrado como contribuinte individual.

Existem duas formas de tributação da Contribuição Social:

  1. Serviço prestado para PF – Deve ser paga a contribuição de 20%
  2. Serviço prestado para PJ – A empresa é obrigada a reter na fonte 11% e o advogado deve recolher os 9% restantes

Importante: a tributação no caso de mais de uma fonte pagadora deve respeitar o teto do INSS. Para evitar retenção superior.

3. ISS (Imposto sobre Serviços)

Este é um imposto municipal, então cada município terá o seu.

Na maioria dos municípios é fixado um valor anual fixo.

E a alíquota varia de 2 a 5%.

Dica: Veja se o seu município previu em lei a tributação dos serviços de advocacia. Caso não, ele não pode cobrar esse tributo.

Quando você prestar serviço para PJ, ela é obrigada a reter além da Contribuição Social, o IRPF e o ISS, quando for o caso.

… você já deve ter percebido que trabalhar como advogado autônomo é burocrático também.. existem obrigações contábeis, fiscais, gerenciais..

Muito advogado iniciante acha que estará livre de tudo isso se trabalhar como PF.

Agora eu vou falar sobre a Sociedade Individual ou Unipessoal de Advogado.. e como ela pode te ajudar =)

Advogando como Sociedade Individual de Advogado (muitooo melhor)

Desde que o advogado pode constituir sociedade individual, a vida melhorou!!

Sem ela o advogado autônomo é tributado na pessoa física, o que significa uma alíquota de até 27,5%.

Extremamente alto não é? Até porque esse é apenas um dos tributos.

Desde a Lei 13.247/16 é possível o advogado optar pelo simples nacional e pagar uma alíquota única que chega até no máximo 16,85%.

Primeira vantagem! Você vai pagar menos impostos..

Com o Simples Nacional você paga uma única guia de recolhimento que já contempla os tributos municipais, estaduais e federais.

A alíquota inicial é de 4,5% e pode chegar a 16,85%.

O único tributo que não está incluso na alíquota única é o do INSS, aquele que falei no tópico anterior.. Mas mesmo neste tributo você tem mais uma grande vantagem.

O INSS vai incidir sobre o seu pró-labore e não sobre todo o seu lucro.

Então a dica é constituir uma sociedade de advogados (pode ser individual), pagar menos imposto e começar com tudo certinho junto a receita

Eu sei que a tentação de não pagar todos os impostos é grande…. mas não vale a pena. Se for pra não pagar, nem comece.

Vamos ao Totalzão 🙂

Vamos aos valores.

Vou dividir em duas partes.

Primeiro se você optar por não ter nenhuma estrutura física. E a segunda, a estrutura física e tudo mais relacionado à ela.

Deixei os impostos separados, porque eles vão depender muito do seu caso específico, mas lembre-se deles!!

Pronto.. agora você sabe de verdade o que significa ter um escritório..

Resumindo isso tudo significa que…

Você precisa de pelo menos R$ 55.000 para abrir um escritório de advocacia de 30mª. Com secretária e recepcionista.

Você precisa de pelo menos R$ 40.000 para abrir um escritório de advocacia de 30mª, sem nenhum funcionário.

Você precisa de pelo menos R$ 20.000 para ter tudo pronto para advogar, se manter por 6 meses sem ter um escritório físico.

Para saber exatamente quanto você precisa para o seu caso, baixe a planilha abaixo e coloque os seus custos.

Ela vai te dizer quanto você precisa para dar este passo. Mesmo que você decida arriscar e não gastar com alguma dessas coisas, tenha tudo registrado na planilha e evite surpresas;

Receba a planilha usada para fazer este post e descubra quanto vai custar abrir o seu escritório de advocacia.

Ter ou não ter escritório eis a questão?

E agora?! Se eu não tiver esse dinheiro todo eu não vou poder advogar? Você só me assusta..

Calma, calma! Nem tudo está perdido.

Se seu sonho é advogar você não vai ser impedido. É importante que você alcance o seu sonho e faça isso da melhor maneira.

Agora vou te mostrar outras possibilidades nesse ínicio.

Eu sei que ter um escritório super chique pode ser parte do seu sonho, mas no fim das contas o maior objetivo é ganhar dinheiro e construir sua carreira, não é?

O meu conselho é que você defina metas para atingir o seu sonho e vá aos poucos construindo.

O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos” Eleanor Roosevelt

Não adianta sair correndo e montar um escritório com uma estrutura “meia boca” só pra dizer que tem. Porque isso pode ser o começo do seu fracasso. E você viu quanto isso vai te custar.

1º ano de formado

Invista em site e criação de estruturas de marketing, como o marketing de conteúdo.

Opções para atender seu cliente:

  1. Salas de atendimento da OAB
  2. Salas do prédio onde você reside
  3. Atendimento remoto via videoconferência
  4. Coworking

2º ano ou 3º ano de formado

Com mais capital acumulado, aqui você já pode pensar em ter uma estrutura física.

Você já conhece melhor o seu cliente e o seu próprio ritmo de trabalho, sem ter gasto aqueles 50 mil iniciais. Fica mais fácil pensar em metas sem ter um monte de contas pra pagar, não é?

Hoje em dia não existe mais uma única possibilidade de advogar.

A evolução tecnológica está aí para ser sua aliada. E se você está lendo este post. você á é um advogado diferenciado e preocupado com o seu caminho para o sucesso.

Os advogados que não perceberem a importância de se preparar, vão caminhar para o esquecimento. Hoje estar atento a tecnologia não é mais uma opção, é uma exigência.

Encontre a sua forma de advogar, pense diferente e seja diferente!

O que acha? Vamos juntos?

Me conta o que você achou desse post, vou adorar saber a sua opinião!

Artigos Relacionados

Nenhum resultado encontrado

A página que você solicitou não foi encontrada. Tente refinar sua pesquisa, ou use a navegação acima para localizar a postagem.

Ei!?
O que você achou deste conteúdo? Conte pra mim aqui nos comentários ↓

2 Comentários

  1. Regeane

    Ah se eu tivesse lido este post no início da minha carreira. Tinha evitado muitos erros. Adorei e aprendi muitoo. Obrigada Luciana

  2. Luciana Beltrão

    Obrigada Regeane 🙂
    Forte abraço, Luciana!

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *